Mensagem de Reflexão para Maio

 
 

A paz faz crescer as coisas pequenas; a discórdia destrói as grandes.

 

 

Solidariedade Activa


Uma instituição como a Fraternidade Rosacruz está organizada segundo a lei fundamental da participação. E, devido à sua vertente mística, as relações de grupo, tanto na sua dimensão estrutural como da funcional, são regidas pelo sentido de responsabilidade e pelo serviço mútuo.

 

 Entrega do Prémio

A nossa confraternidade é, por isso, uma forma única de materializar o contributo para um bem que é, simultaneamente, espiritual e material. Tem uma nota dominante: não torna os outros simples objectos, mais ou menos passivos, da nossa solicitude. Em vez disso, contribui para aliviar as dificuldades alheias e reconhecer o mérito do esforço realizado: dirige-se à pessoa em particular (e não ao homem em geral) sem necessitar de reciprocidade. E sempre com uma dedicação que tem, por detrás, os rostos velados de todos os seus membros.

 

Chegada de um grupo de participantes

Reflectindo sobre como deveríamos expressar, no ano em curso, a nossa habitual homenagem de reconhecimento aos nossos confrades - Francisco Marques Rodrigues e Cecília Rosas Rodrigues, Adelaide de Brito, Francisco António, Luís Ferreira da Silva, José Carlos Ferreira e tantos outros - a Direcção resolveu associar a esta iniciativa a atribuição do prémio escolar do ano em curso.
Considerando que, sempre que as pessoas se congregam pelos altos valores do espírito, tornam-se mais ricos na busca das grandes certezas que enobrecem a vida; tendo em conta as excepcionais qualidades de bom trato e espírito de solidariedade de Joana Cristina Rodrigues Freitas, aluna da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, e pelo continuado esforço para harmonizar a sua formação académica com o acompanhamento de idosos; foi-lhe atribuído em 28 de Novembro o Prémio Max Heindel correspondente ao ano lectivo 2014-2015.

 

Aspecto do salão do ágape