“Chlorella” – Super Alimento?

 

O que é a “chlorella”? É uma alga verde, microscópica, constituída por uma única célula. O seu nome deriva de chlor (verde) e ella (pequena). Julga-se que tem 2,5 milhões de anos de idade. É um dos primeiros seres vivos que apareceram no planeta. Foi descoberta em 1890, e estudada especialmente devido à sua elevada percentagem em proteínas, cerca de 60%, o que pode transformá-la num importante alimento. As Grandes Guerras Mundiais interromperam o seu estudo.
É também a fonte mais abundade de clorofila. A clorofila é um poderoso desinfectante orgânico e purificador sanguíneo. Purifica o fígado e os intestinos. A “chlorella” contém elevado teor de ferro e potássio, mas não contém sódio (sal). Possui mais vitamina B 12 do que o fígado de vitela, pelo que é de longe a sua maior fonte. A análise revela ainda cerca de 1/5 de hidratos de carbono (açúcares) e 1/10 de gorduras – 80% das quais insaturadas.
Os analistas mais críticos apontam-lhe 4,6% de cinzas, valor um pouco mais elevado do que o dos vegetais e frutas, bem como o facto de o equilíbrio entre o cálcio e o fósforo não ser o ideal.
A “chlorella” deve ser usada inicialmente com moderação. Pode ser a causa de diarreias ligeiras, gases, etc.
O seu conteúdo de outras substâncias estimula a formação de ácidos nucleícos, essenciais para os processos de renovação e crescimento. Por isso tem sido usado na China e no Japão, no tratamento e alimentação de idosos.
Tem marcada acção na terapêutica de úlceras do estômago, prisão de ventre, anemia, hipertensão arterial e ainda na protecção do fígado contra substâncias químicas tóxicas.

Composição da Chlorella

Proteínas ................................................................. 55 a 65%

Hidratos de Carbono ................................................  20 a 25%

Gordura vegetal .......................................................   5 a 15%

E também: 10 aminoácidos (incluindo todos os essenciais), Vitaminas B1, B2, B3, B6, B12, Ácido Pantoténico, PABA, ácido fólico, biotina, Vitamina C, Minerais. É particularmente rica em ferro, fósforo, cálcio, potássio e magnésio.
Convém sublinhar que as gorduras que contém são 82% insaturadas e somente 18% saturadas, com o consequente benefício para a saúde.